Porque e como devemos educar e punir as nossas prostitutas, putas, escravas e negras?



Por que cafetões, donos de escravas e negras, donos de puteiros e outros, que mexem com prostitutas, putas, negras, mulatas, escravas e outras meninas semelhantes, enfim, nós todos, a sociedade, devem educar as putas e prostitutas até elas ficarem boas e submissas? Porque é necessário punir as meninas, até que elas obedecem em tudo e trabalham com dedicação, paixão e mostram devida submissão aos seus superiores e aos clientes?

Todos nós temos uma vida melhor, se as prostitutas trabalham bem.
Quem usa prostitutas como cliente, cafetão, dono de barzinho e semelhante, já ganha sempre com prostitutas boas, alegres, submissas, educadas e obedientes. Mas todos os outros ganham também. Vejam aqui uns exemplos: Em 1981 um tenente brasileiro torturou e matou três presos de raiva depois de ser mal atendido por uma prostituta preguiçosa e irresponsável. Em 2001, em Nova York um empresário, depois de ser atendido por uma puta novinha, submissa e com qualidades fantásticas, voltou tão feliz para a sua empresa, que topou sem discutir, quando apresentaram a ele um pedido de um aumento de salário. Em 2008 um pai mexicano bateu em sua filha pequena com uma vara até ela quebrar vários ossos, depois de ser atendido por uma prostituta má. 
Em 2007 um ditador no oriente médio deu uma anistia para 300 presos políticos depois de ser atendido por uma prostituta russa de somente 16 anos, mas muito bem instruída pela máfia russa e albanesa. No Mato Grosso, em fevereiro 2011, um homem matou três cachorros depois de não poder gozar com uma prostituta má. Em 2008 um presidente de uma nação com um exército poderoso anulou um ataque aérea a uma cidade cheio de refugiados, depois de ser atendido por uma prostituta negra, que o deixou enfiar fundo na garganta (o nome não vamos publicar aqui para não correr risco o site ser impedido no país dele, mas quem tiver interesse, faça uma pesquisa no google). No dia 28 de maio de 1942 um major da SS nazista alemão salvou 102 meninas adolescentes judias da Ucrânia da morte por ajudantes ucranianos, como era ordenado pelo chefe da SS Himmler. Elas seriam mortas a pauladas por falta de balas para as armas. Era comum que os ajudantes ucranianos aproveitavam também para estuprar as meninas antes da execução, que na grande maioria eram virgens, tendo entre 11 e 17 anos. Mas depois de transar com uma prostituta da SS exímia o major se apiedou das meninas e salvou-as apesar de correr risco de ser executado por essa infração.
Essa lista contém só alguns poucos exemplos. Com certeza todos nós já recebemos algum benefício por causa de um bom desempenho de uma prostituta dedicada. Devemos ser gratos a elas e mais ainda aos homens e mulheres atrás delas, que recrutam novinhas gostosas, promovem e treinam-nas e abastecem o mundo com putas obedientes e boas. Segundo os cientistas podemos dizer, que por ano morrem mais de dez mil crianças, mulheres e também homens porque uma prostituta atendeu mal. Mais de duas milhões pessoas são agredidas, recebem uma surra ou outra violência por causa de mal desempenho de prostitutas. 
Anualmente 50 mil presos são liberados porque juízes e outros responsáveis transaram com putas boas. Também tem pessoas que depois de sairem alegres de uma prostituta boa, são mais acessíveis para pedidos de mendigos e organizações. Em Londres a casa onde atendem oito prostitutas tailandesas muito gostosas tem por isso sempre vários mendigos por perto, que recebem dos clientes satisfeitos às vezes mais do que eles pagaram para as meninas, porque elas cobram até pouco. Na contra-mão os homens são generosos com os mendigos. 
Estima-se, que organizações beneficentes faturam anualmente 3 bilhões dólares por causa de putas dedicadas. Com esse dinheiro eles salvam vidas de crianças na Africa, melhoram o meio ambiente, promovem a arte, o esporte, a educação e muito mais. Quanto melhor as prostitutas, melhor para a humanidade, e até para os animais e plantas. 
Somente as igrejas brasileiras recebem por volta de R$ 20 até 60 milhões por causa disso, e mais dízimos de prostitutas, cafetões e empregados deles como faxineiras, motoristas, taxistas e mais.
A esses benefícios se adicionam benefícios indiretos como o melhor desempenho de empresários no trabalho por causa de boas prostitutas, que garante um emprego seguro para milhares de funcionários e operários, e sustenta inúmeros famílias. Nem falando que as prostitutas muitas vezes financiam as suas famílias, garantindo as escolas e mais para irmãos, sobrinhos, filhos e mais. A isso se ajuntam os familiares do cafetão, que são sustentoas pelo dinheiro que as prostitutas ganham por causa da virtuosidade de sua boca, buceta e de seu cuzinho, da sua mansidão, dedicação, paixão e gostosura.
Mas putas boas não nascem sem mais, e alguém tem que fazer o trabalho e formar das novinhas encrenqueiras, mimadas, preguiçosas ou birrentas raparigas boas, mansas, submissas, dedicadas, gostosas e apaixonadas pela sua profissão, seus clientes e seu cafetão. 

Educação e punição de negras: Negras são propensas para serem prostitutas por seu espírito de escrava e seu corpo apropiciado para ser castigado e humilhado. Por isso uma escrava, puta ou prostituta ideal deve ser negra. Sendo ela mais animalesca, bruta, selvagem, safada e seivosa precisa de uma educação mais rígida. Se uma escrava ou puta branca recebe 60 tapas na bunda nua, a colega negra deve receber uns 90 tapas, sempre mais ou menos uns 50% a mais. Ela aguenta mais e muitas vezes apanha desde pequena, e por isso entende só sob impacto de uma dosagem maior de corretivos.

Leia mais no blog http://educarputas.blogspot.com.br/   Educar, castigar e adestrar putas, prostitutas e meninas semelhantes
( ou http://educaputas.blogspot.com.br/   Educar, castigar e adestrar putas, prostitutas e meninas semelhantes )

Nenhum comentário:

Postar um comentário